Herbário VIES – Subcuradoria Alegre/Jerônimo Monteiro

Equipe

Prof. Dr. Henrique Machado Dias (Coordenador)

Prof. Dra. Tatiana Carrijo

Prof. Dr. Aderbal Gomes da Silva

 

Descrição

A subcuradoria Alegre/Jerônimo Monteiro do herbário VIES, inaugurado em março de 2010, conta com cerca de 3.500 espécimes, depositados, registrados e incorporados. O herbário é uma subcuradoria do Herbário Central de Vitória (VIES), ao qual somando ambas as coleções estão com aproximadamente 25.000 espécimes. Por estar interligado com o VIES, está registrado no CRIA, com toda a coleção informatizada e registrada na Rede Mundial de Computadores, aonde pode ser acessado de qualquer lugar do planeta. Espera-se para os próximos dois anos tornar-se o maior do sul capixaba e referência para políticas públicas do Estado.

Herbários são coleções científicas de plantas desidratadas, provenientes de diversas regiões geográficas. Além de servirem como registro permanente da biodiversidade, os herbários também funcionam como fontes básicas de informações para todo trabalho que envolva pesquisa em botânica e áreas afins.

São vistos como instrumento de educação científica, pois serve como uma biblioteca da biodiversidade vegetal no planeta, informando a sociedade o papel da flora e demais organismos associados a ela nos ecossistemas estudados. A necessidade de criação de uma coleção científica estimula a conservação da biodiversidade aliada aos estudos de bens e serviços associados aos vegetais.

A manutenção de uma coleção também é importante para acompanhar a fenologia de cada espécie estudada (habitat, habito, floração, frutificação, distribuição geográfica, etc.), por isso vai subsidiar estudos de produção de mudas, recuperação de áreas degradadas, manejo florestal, ecologia florestal, taxonomia, etc.

O crescente número de projetos de pesquisas desenvolvidos por docentes e alunos do CCA-UFES tem aumentado a demanda por coleta de material botânico e sua identificação taxonômica. Por isso, a inclusão desse material em um acervo mais amplo e melhor estruturado torna-se fundamental. Uma coleção estruturada também é importante para dar suporte às disciplinas de Botânica lecionadas nos cursos de graduação em Biologia, Engenharia Florestal, Zootecnia e Agronomia, bem como para o curso de Mestrado em Ciências Florestais, mestrado e doutorado em Produção Vegetal, e nas diferentes linhas de pesquisa da instituição.

 

Objetivos

  • Embasar estudos florísticos e fitossociológicos desenvolvidos pela universidade (estudantes e pesquisadores) e por colaboradores externos
  • Documentar a biodiversidade vegetal do sul do estado
  • Fiel depositário para coletores credenciados e colaboradores d herbário
  • Subsidiar aulas práticas do Centro de Ciências Agrárias da UFES e interessados

 

Áreas de Atuação

Florística, Fitossociologia e Inventário Florestal. Além de subsidiar estudos em ecologia vegetal e biologia floral.

 

Serviços prestados

Documentar a biodiversidade capixaba e subsidiar a documentação da biodiversidade brasileira.

 

Equipamentos principais

O herbário conta com os seguintes equipamentos, adquiridos por intermédio de convênio com a Fibria Celulose S.A. e recursos da UFES e Ministério do Meio Ambiente:

  • Trinta e cinco armários de aço para armazenamento de coleções botânicas
 
  • Lupas binoculares
 
  • Três computadores com impressora lazer para impressão de fichas
 
  • Estufa elétrica de circulação de ar controlada
 
  • Estufas de compensados (artesanal), para secagem com calor por lâmpadas
 
  • Prensas de madeira e compensado
 
  • Alumínio corrugado e papel “borrão” para secagem
 
  • Dois podões com telescópio de 10 metros
 
  • GPSMap 60Csx
 
  • desumidificador, para o controle de patógenos na coleção
 
  • Freezer para controle térmico da coleção
 
  • Câmera Fotográfica